• O Cálculo Diferencial e Integral I, está fundamentado em um conjunto de operações envolvendo quatro operadores: limite, diferencial, derivada, e integral. A análise teórica desses tópicos nos livros texto de Cálculo Diferencial e Integral I vistos na bibliografia, encontra-se bem desenvolvida, principalmente do ponto de vista do rigor matemático. Talvez devido a esse rigor matemático associado à abstração conceptual que o assunto exige, e a falta de preparo dos alunos em absorver conceitos e idéias abstratas, parece que esses itens são apresentados de forma isolada, como se a ligação entre eles fosse puramente matemática. Na realidade existe, além da relação matemática, uma ligação física muito forte entre esses operadores que pode ajudar o aluno de graduação a compreender melhor o significado e a aplicação dessa importante ferramenta matemática. Através do limite se chega na diferencial e na derivada. A integral é uma operação sobre a diferencial; o resultado mais simples de uma integral é uma diferença, cuja aplicação é fundamental nas Ciências Exatas.


  • APRESENTAÇÃO


    O que é LIBRAS?

    Esse é o primeiro passo para você saber o que iremos trabalhar na disciplina. LIBRAS é a Língua Brasileira de Sinais, língua dos surdos brasileiros. É uma língua utilizada pelas comunidades de surdos que vivem no Brasil. É passada de geração em geração de surdos, não necessariamente pertencentes a mesma família. Isso porque a maioria dos surdos nascem em famílias ouvintes e só aprendem a LIBRAS quando lhe é proporcionado o contato com adultos surdos usuários da mesma.

    As línguas de sinais são constituídas por todos os elementos lingüísticos, como fonética e fonologia, morfologia, sintaxe, semântica e pragmática presentes em quaisquer outras línguas. A diferença entre as línguas de sinais e as demais línguas está na modalidade em que elas se processam. A maioria das línguas que conhecemos se processam na modalidade oral-auditiva, ou seja, são captadas pela audição e expressadas pelo oral. A modalidade em que se processam as línguas de sinais é viso-gestual, desse modo são captadas pela visão e expressadas pelo gestual - principalmente pelos movimentos das mãos.

    E porque falar em línguas de sinais, no plural? Porque a língua de sinais não é universal; existem inúmeras línguas de sinais em circulação no mundo. Como exemplos temos a própria LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais), a ASL (Língua Americana de Sinais), a Língua de Sinais Francesa, e assim sucessivamente. E como todas as outras línguas, as línguas de sinais são dinâmicas e não estáveis, ou seja, sofrem alterações no decorrer do tempo, bem como do espaço.

    Nesta disciplina, especificamente, serão estudados assuntos referentes à língua de sinais e à educação dos surdos. O objetivo maior da disciplina é proporcionar aos acadêmicos conhecimentos teórico-práticos sobre a educação de surdos, visto que a mesma está inserida em um curso de formação de professores. Assim, é preciso conhecer a história dos surdos, a fim de perceber as inúmeras representações que circularam e que ainda circulam sobre esses sujeitos e sua educação, na tentativa de problematizar as perspectivas dominantes e hegemônicas sobre a surdez e os surdos, buscando conhecer outros olhares em relação aos surdos e sua educação.

    Além disso, por tratar-se de uma licenciatura, também estudaremos a língua de sinais, com o objetivo de reconhecê-la como língua própria da cultura surda e constituinte das identidades desse povo. Entendendo-a como a primeira língua dos surdos, poderemos perceber o que a língua portuguesa, no caso do Brasil, significa para esses sujeitos, e a partir disso, (re)pensarmos nossas práticas na escola.

    É claro, a disciplina também quer proporcionar aos seus alunos o conhecimento básico de Libras para a intervenção pedagógica. Para isso, você precisará dedicar-se ao máximo, buscando, para além do que a disciplina irá propiciar, contato com surdos em sua cidade, a fim de aprofundar os conhecimentos e praticar realmente a língua, que como qualquer outra, precisa ser vivenciada.