Brasil



Quarta-Feira, 26 de Novembro de 2014
Tamanho do texto:
  • Aumentar Texto
  • Texto Normal
  • Diminuir Texto
Home Ensino Superior Licenciaturas Licenciatura Plena em Física

Licenciatura Plena em Física

Licenciatura Plena em Física

1.APRESENTAÇÃO

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará, no âmbito de suas atribuições e responsabilidade social no campo do ensino, pesquisa e extensão apresenta a proposta do Curso de Licenciatura Plena em Física, na modalidade “Educação à Distância” com o Programa de Educação a Distância do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará – IFPA é uma iniciativa estratégica de formação, que oferece oportunidades de formação e qualificação de alto nível a profissionais, de forma integrada ao seu processo de trabalho.

O curso de Licenciatura Plena em Física destina-se à formação de educadores, voltados para o ensino da Física e viabiliza fundamentação teórica para que o educando tenha base para prosseguir estudos à nível de pós-graduação. Seu campo de atuação na área educacional visa às escolas de ensino fundamental e ensino médio. O Curso está composto de seis semestres com carga horário de 3260 horas, incluídas 1000 h de Prática Educativa. Foi Reconhecido pela portaria expedida pelo Ministério da Educação nº 336 de 07 de julho de 2006.

 

2.OBJETIVOS

INSTITUICIONAIS:

  • Formar o profissional numa perspectiva moderna e própria de desenvolvimento, numa educação capaz de manejar e produzir conhecimento;
  • Ampliar e aprofundar o conhecimento técnico-científico;
  • Oferecer formação técnico-científica influenciada por demandas dos setores produtivos;
  • Viabilizar e dinamizar o ensino, pesquisa e extensão;
  • Desenvolver o educando como pessoa humana, incluindo a formação ética, a autonomia intelectual e o pensamento crítico,
  • Fornecer o desenvolvimento de programas e/ou projetos de iniciação científica e pesquisa, visando a geração, transferência e aplicação de conhecimentos a médio e longo prazo.
  •  
GERAIS DO CURSO:
 
  • Desenvolver as múltiplas interações entre o currículo e o objeto do conhecimento;
  • Desenvolver a capacidade de relacionar o aprendizado com o observador, a teoria com suas conseqüências e aplicações práticas;
  • Desenvolver estratégias de ensino diversificadas que mobilizam menos a memorando e mais o raciocínio e outras competências cognitivas superiores;
  • Estimular o acadêmico a utilizar em todos os procedimentos e atividades que permitam reconstruir, construir, reinventar e inventar os variados recursos tecnológicos atuais;
  • Atender e formar professores da rede pública de ensino que já atuam como docentes e não possuem nível superior.
3.PERFIL PROFISSIONAL

Baseando-se nas propostas de diretrizes curriculares para as Licenciaturas em Física, propõe-se que o profissional deste curso de graduação deverá apresentar um forte conhecimento dos conteúdos da Física, além de um perfil que o capacite a ter:

  • Visão da contribuição que a aprendizagem da Física pode oferecer à formação dos indivíduos para o exercício de sua cidadania.
  • Visão de que o conhecimento da Física pode e deve ser acessível a todos, e consciência de seu papel na superação dos preconceitos, traduzidos pela angústia, inércia ou rejeição, que muitas vezes ainda estão presentes no ensino-aprendizagem da disciplina.
COMPETÊNCIAS
Esta proposta curricular foi norteada também pelas competências e habilidades requeridas para um professor na área da Física. Assim, espera-se que os profissionais sejam capazes de atitudes tais como:
  • Capacidade de expressar-se e oralmente com clareza e precisão;
  • Capacidade de compreender, criticar e utilizar novas idéias e tecnologias para a resolução de problemas, bem como os conhecimentos de questões contemporâneas e de sua realidade.
  • Capacidade de aprendizagem continuada, sendo sua prática profissional também fonte de produção de conhecimento;
  • Habilidade de identificar, formular e resolver problemas na sua área de aplicação, utilizando rigor lógico-científico na análise da situação-problema;
  • Estabelecer relações entre a Física e outras áreas do conhecimento, bem como trabalhar em equipes multidisciplinares e na interface da Física com outros campos do saber;
  • Estabelecer relações entre os conhecimentos Físicos e a realidade local, de modo a produzir um conhecimento contextualizado e aplicado ao cotidiano dos alunos;
  • O licenciado em Física deverá ter, ainda, capacidades específicas do educador matemático tais como:
  • Elaborar propostas de ensino-aprendizagem de Física para a educação básica;
  • Analisar, selecionar e produzir materiais didáticos;
  • Analisar criticamente propostas curriculares da Física para a educação básica;
  • Desenvolver estratégias de ensino que favoreçam a criatividade, a autonomia e a flexibilidade do pensamento da Física dos educandos, buscando trabalhar com mais ênfase nos conceitos do que nas técnicas, fórmulas e algoritmos;
  • Perceber a prática docente de Física como um processo dinâmico, carregado de incertezas e conflitos, um espaço de criação e reflexão, onde novos conhecimentos são gerados e aperfeiçoados continuamente;
  • Contribuir para a realização de projetos coletivos dentro da escola básica;
  • Ter profundo domínio do conteúdo.

4.ORGANIZAÇÃO CURRICULAR

 

Ementário do curso aqui.

 

6.EQUIPE DE ELABORAÇÃO


7.COORDENAÇÃO DO CURSO

  

 
TwitterYoutube2FacebookOrkutBloggerGoogle2Picasa2

Portal do Aluno

Portal do Aluno