Brasil



Quinta-Feira, 24 de Abril de 2014
Tamanho do texto:
  • Aumentar Texto
  • Texto Normal
  • Diminuir Texto
Home Pós Graduação – Lato Sensu Especialização Especialização em Educação do Campo

Especialização em Educação do Campo

Especialização em Educação do Campo

1.APRESENTAÇÃO

O Curso de especialização em Educação do Campo no âmbito do Sistema Universidade Aberta do Brasil – UAB - é um curso de formação continuada para professores, gestores e técnicos que atuam em escolas rurais, com carga horária total de 420 horas, distribuídas em 6 módulos.


O curso ora apresentado insere-se em um contexto de definições das Diretrizes Operacionais para a Educação Básica das Escolas do Campo aprovada em 2001 pelo Conselho Nacional de Educação, e refletem um conjunto de preocupações conceituais e estruturais presentes historicamente nas reivindicações dos movimentos sociais do campo. Dentre elas, o reconhecimento e valorização da diversidade das populações do campo, a formação diferenciada de professores, a possibilidade de diferentes formas de organização da escola, a adequação dos conteúdos às peculiaridades locais, a utilização de práticas pedagógicas contextualizadas, da gestão democrática, de tempos pedagógicos diferenciados e a promoção, através da escola, do desenvolvimento sustentável e do acesso aos bens econômicos, sociais e culturais. Nesse sentido, faz-se necessário formar profissionais para responder às especificidades do campo e atender à demanda de educação básica. Segundo dados do IBGE, em 2006, existiam 31.294 milhões de pessoas vivendo no campo. No que se refere à escolaridade, enquanto na zona urbana a população de 15 anos ou mais apresenta uma escolaridade média de 7,3 anos, na zona rural esta média corresponde a 4 anos. Esta situação requer, além de política de expansão da rede de escolas públicas que ofertem todas as etapas da educação básica no campo, a correspondente oferta de trabalho docente com formação adequada.


Desta forma, o Ministério da Educação, por intermédio da Secretaria de Educação Continuada Alfabetização e Diversidade, ao considerar as questões relativas à educação do campo e a situação desigual a que a população do campo historicamente tem sido submetida, propõe o desenvolvimento de um curso de formação continuada para os profissionais com atuação em educação do campo.

O curso busca contribuir para a melhoria da qualidade do ensino oferecido nas áreas rurais brasileiras, em consonância às necessidades culturais, aos direitos sociais e à formação integral das crianças, jovens e adultos do campo - agricultores familiares, ribeirinhos, extrativistas, pescadores artesanais, assentados da reforma agrária, acampados, caiçaras, quilombolas, dentre outros.

 

2.OBJETIVOS

 

  • Ampliar o acesso à formação continuada para profissionais com atuação na educação do campo, visando contribuir para a oferta de uma educação do campo contextualizada às realidades de suas populações, de qualidade e em conformidade com as diretrizes para as escolas do campo. Promover formação teórica e prática sobre educação do campo.
  • Oferecer formação continuada em educação do campo para o conjunto de professores, técnicos e gestores que atuam nos sistemas públicos e nas escolas do campo.
  • Oferecer formação continuada em Educação do Campo para educadores dos Movimentos Sociais que têm experiência e/ou atuam em processos educacionais alternativos.
  • Ampliar, por intermédio da EAD, o acesso às tecnologias educacionais no campo.

 

3.PERFIL PROFISSIONAL

 

 
O profissional especialista em educação do campo deve ter uma atuação ética, crítica, autônoma e criativa; autonomia intelectual, respeito à pluralidade inerente aos ambientes profissionais e atuação na busca de soluções de questões colocadas pela sociedade, referentes as problemáticas da educação do campo.
 
Deve possuir uma sólida formação para atuar como professor e pesquisador, apresentando domínio das problemáticas da educação do campo na amazônia, que possibilite a si mesmo enquanto educador refletir junto ao alunos agirem como agentes de transformação da realidade onde vivem.

 

 

 

4.ORGANIZAÇÃO CURRICULAR

 

MÓDULO
QT. DE HORAS
SUB- MÓDULO
Módulo 1-Conceitual EAD e Ferramenta Moodle.
20h
*16 horas-Presenciais (EAD+Introdução à Educação do Campo)
4 Horas- A distancia (Moodle)
Módulo 2- Introdução à Educação do Campo.
120 h
Concepções e conceitos de Educação do Campo. Educação do Campo. Desenvolvimento Sustentável.
Trabalhando e Educação.
Características sociais, políticas e econômicas do campo brasileiro. Heterogeneidade e característica sociais, políticas, econômicas e culturais das populações do campo.
Educação do Campo como direito humano no contexto da política de desenvolvimento com igualdade social.
Movimentos sociais do campo. Historia e lutas pela Educação do Campo (Encontros e Conferências)
Políticas de Educação do Campo (Diretrizes e Programas em andamento)
Módulo 3- Práticas Pedagógicas em Educação do Campo
120h
Fundamentos e princípio da Educação do Campo. Trabalhando como principio educativo. Pesquisa como principio formativo. Escola formadora do ser humano articulada com um projeto de emancipação humana.
Concepções de desenvolvimento e aprendizagens que subsidiam a educação do campo.
Organização do trabalho pedagógico, praticas pedagógicas em sala de aula e na comunidade. Praticas pedagógica em classes mutisseriadas. Planejamento e avaliação.
Organização curricular da Educação do Campo: formação por área de conhecimento e interdisciplinaridade.

 

MÓDULO
QT. DE HORAS
SUB- MÓDULO
Módulo 4- Gestão da Educação do Campo
120h
Organização da Educação Nacional. Competências e responsabilidade dos entes federados com Educação do Campo. Conselho de Educação no âmbito dos sistemas.
Políticas de Educação do Campo (Diretrizes e Programas em andamento)
Gestão educacional: Financiamento e gestão orçamentária da educação do campo; Gestão de recursos materiais (relação da infra-estruturar escolar e condições de funcionamento das escolas para a qualidade do ensino); gestão democrática; gestão pedagógica da educação escolar no campo.
Gestão de pessoas nos sistemas de ensino e nas escolas do campo: formação e valorização dos profissionais da educação na LDB e nas diretrizes e metas do PNE.
Avaliação de políticas educacionais no campo.
Sistema de avaliação e monitoramento da Educação do Campo.
Módulo 5- Transformando a realidade: Projeto Integrado e Participativo da Educação no Campo
20h
Construção de um Projeto de Intervenção local pelos participantes
Construção de um projeto de intervenção local pelos participantes,Metodologia da pesquisa, aprendizagem por projetos e problematização do campo.
Módulo 6- (Presencial)
20h
Seminários locais de avaliação ao longo do curso
Seminários presenciais de avaliação dos módulos temáticos, bem como a apresentação dos projetos de intervenção pesquisa à comunidade.
TOTAL
420h
 

 

 
Disciplinas
 
Ementa da disciplina
 
Professor e E-mail
 
Carga Horária
Introdução à EAD
 
 
 
Michelle de Paula da S.Maciel
20hs
Fundamentos e história da Educação do Campo
Concepções e conceitos de Educação do Campo. Características sociais, políticas e econômicas do campo brasileiro. Heterogeneidade e características sociais, políticas, econômicas e culturais das populações do campo.
Maria Celeste Farias
 
60hs
Educação e Movimentos Sociais
Movimentos sociais do campo. História e lutas pela Educação do Campo. (Encontros e Conferências). Políticas de Educação do Campo (Diretrizes e Programas em andamento)
 
Petrônio Potiguar Junior
 
30hs
Educação e QuestãoAgrária/ Ambiental
Educação do Campo e Desenvolvimento Sustentável. Trabalho e Educação.  Educação do Campo como direito humano no contexto da política de desenvolvimento com igualdade social.
Ruth Correa da Silva
30hs

OBS: Inicialmente as disciplinas acima são as que estão definidas, apenas para os módulos I e II, o restante serão elaborado em reunião junto a SECAD em Brasília, com as IFES que executam o curso de educação do campo em âmbito nacional. Data a definir.

 

 

Avaliação dos alunos
A avaliação se realizará com o intuito de diagnosticar a aprendizagem dos discentes para verificar se realmente estará se dando a aprendizagem e desenvolvimento, isto refere-se que a avaliação ocorrerá de forma qualitativa uma vez que será pedido aos discentes produções acadêmicas sobre os mais diversos temas, discussões on line, elaboração de artigos, seminários, projetos de intervenção e etc. A proposta das atividades avaliativas será de responsabilidade dos professores e ocorrerá durante o curso procurando considerar diferentes atividades, com apoio do tutor na definição das notas, através de tarefas, como:
·        Seminários presenciais sobre conteúdos específicos das disciplinas do Curso;
·        Participação das atividades propostas no pólo;
·        Participação nas atividades propostas no ambiente de aprendizagem;
·        Desempenho geral durante o desenvolvimento do curso;
·        Desenvolvimento das atividades propostas.
 
A avaliação deverá ser especificada no plano de ensino de cada disciplina
 
Trabalho de Conclusão de curso
No final do curso os alunos construirão um projeto de intervenção para a atuação na sua realidade local. Terão acesso às 20h de disciplina que servirá como suporte para a orientação na metodologia científica, aprendizagem por projetos e discussão das problematização do campo da educação do campo. Esses projetos serão divulgados nas localidades de atuação dos alunos.

 

 

Links de legislação de educação do campo
 
Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 - http://www.rebidia.org.br/direduc.html

 

5.CORPO DOCENTE

Nome
Função
Link da plataforma lattes
Petrônio Lauro Teixeira Potiguar Junior
Professor Conteudista
http://lattes.cnpq.br/1060615206197608
Josiclei de Souza Santos
Professor formador
http://lattes.cnpq.br/7588985867886177
Maria Izabel Alves dos Reis
Professor formador
http://lattes.cnpq.br/0642009853913833
Humberto Paiva Brito
Professor Formador
http://lattes.cnpq.br/9787806570123393
Ana Claudia da Silva Pereira
Professor Conteudista
http://lattes.cnpq.br/5886917715380846
Maria Celeste Gomes de Farias
Professor Conteudista
http://lattes.cnpq.br/9113215245422371
Elias Diniz Sacramento
Professor formador
http://lattes.cnpq.br/2677018539774842
Michele de Paula da Silva Maciel
Professor Conteudista
http://lattes.cnpq.br/8475544812426697
Darinez de Lima Conceição
Professor formador
http://lattes.cnpq.br/0079505725456922
Edileuza Amoras Pilletti
Professor Conteudista
http://lattes.cnpq.br/5454952905031400


6.COORDENAÇÃO DO CURSO

 

Tel:

E-mail:

 
TwitterYoutube2FacebookOrkutBloggerGoogle2Picasa2

Portal do Aluno

Portal do Aluno